o que é impedância

O SEGREDO DA IMPEDÂNCIA

Vamos diretamente ao princípio e ao cerne da questão: afinal, o que é impedância? Basicamente, trata-se simplesmente de uma espécie de resistência elétrica. Trocando em miúdos, o segredo da impedância estar em “casar impedância”, expressão que significa apenas controlar a corrente elétrica entre os amplificadores e/ou receivers e as caixas de som.

Quando você passa corrente elétrica em um material, ele gasta um pouco da energia para transformar em calor. Isto é atribuído à resistência elétrica do material. Em alguns casos, o componente não gasta energia na forma de calor, mas oferece um impedimento à passagem desta energia, transformando em energia cinética (mecânica). Com a vibração do cone, resultante da energia cinética, essa energia é transformada em som. É uma espécie de conversor de energia elétrica em sonora. Isto é chamado de reatância.

IMPEDÂNCIAS “CASADAS”

Quando, em uma caixa acústica, por exemplo, estão presentes resistência e reatância, pode-se combiná-las e chegar a uma espécie de média, que é chamada de impedância. Todas as grandezas que citei aqui são medidas em ohms (Ω). Mas, e agora? Como “casar” essas impedâncias? É tão simples como dividir ou multiplicar números. Veja os exemplos: se tenho quatro alto-falantes de 8Ω e ligá-los em paralelo (+) e (+) com (-) e (-) a impedância de cada alto-falante (que é 8), é dividida pelo número de alto-falantes (que são quatro). Sendo assim, temos que 8/4= 2Ω. Parece simples, não? Então, como pode dar errado?  

A questão é que existe uma outra forma de casar impedâncias, que divide a potência entre os alto-falantes, que é a ligação em série (+)(-)—–(+)(-), ou seja: no primeiro alto-falante, liga-se um dos terminais do amplificador no (+) do alto-falante e um fio do terminal (-) do alto-falante anterior no (+) do próximo alto-falante. E no último alto-falante, liga-se o terminal (-) do amplificador no terminal (-) do alto-falante. Para descobrir a impedância final, basta somar a impedância de cada alto-falante. Exemplo da impedância: ligando-se quatro alto-falantes de 8Ω em série: 8 + 8 + 8 + 8 = 32Ω.

MENOS IMPEDÂNCIA, MAIS POTÊNCIA

Lembrando que, quanto menor a impedância, mais potência ela puxará do amplificador. E quanto maior for a impedância, menos potência será puxada. Então, tome cuidado para não queimar o amplificador ligando alto-falantes com impedâncias menores do que as suportadas. Fazer esta conta e saber quando usar a ligação em série ou em paralelo é o que gera a confusão. Fora a questão matemática, na qual se erra na somatória e o equipamento ou as caixas pagam a conta!

Conclusão: você pode ligar um alto-falante de 4Ω em um amplificador cuja saída suporta a impedância mínima de 2Ω. O que não pode ocorrer é justamente o inverso: ligar um alto-falante de 2Ω em uma saída que suporta, no mínimo, 4Ω. Isto certamente irá queimar as caixas ou o equipamento.

Por Fernando Ramos

You don't have permission to register

Cadastre-se e faça parte de nossa lista VIP!

Obtenha vantagens e descontos especiais de nossos parceiros.