SAMSUNG INOVA E LANÇA PROJETO DE ALFABETIZAÇÃO COM INSTITUTO PAULO FREIRE

Foto: (Shutterstock.com)

A empresa também dará continuidade em várias ações sociais em 2018

Preocupação com o bem estar social e inclusão, é uma iniciativa que deve partir de todos, neste quesito, a Samsung tem se mostrado uma empresa ativa e inovadora no Brasil, já há muitos anos. Durante coletiva de imprensa, na última semana, foi apresentada as ações sociais e iniciativas da companhia para 2018, entre vários projetos, destacam-se alguns voltados para o esporte, meio ambiente, capacitação profissional e educação.

Unindo a tecnologia ao esporte, a Samsung está apoiando três projetos: o  Instituto Gabriel Medina, em Maresias,  criado pelo primeiro campeão brasileiro do Circuito Mundial de Surf, junto com sua família.  A Fundação Gol de Letra, do tetracampeão de futebol Raí. Além da instituição do maratonista Vanderlei Cordeiro.

Todas as instituições são voltadas para o incentivo e inserção das crianças no esporte, em busca de criar valores e possibilidades. Para Simone Medina, mãe do surfista Gabriel Medina, a tecnologia tem ajudado demais na preparação dos futuros atletas. “As crianças usam muito a tecnologia, tem ajudado demais na preparação e auxilio de média training. O surf é um esporte que vive muito de patrocínio, por isso, é fundamental que essas crianças usem a tecnologia como um auxílio para aprender a se comunicar melhor”, explicou.

Vale ressaltar também, os projetos “Geração de Futuro”, que já ofereceu mais de 550 horas de treinamento gratuito, com foco em capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social para a conquista do primeiro emprego em atividades relacionadas aos direitos do consumidor. E o programa “Respostas para o Amanhã”, no qual professores e alunos do ensino médio de escolas públicas são estimulados a utilizarem conceitos das ciências da natureza e da matemática aplicados em iniciativas que visam transformar suas realidades por meio de soluções simples.

Podemos mencionar ainda o desenvolvimento de cursos abertos e gratuitos para estimular e tornar acessível o conhecimento sobre Internet das Coisas, através da plataforma Code IoT, além de Laboratório de Criatividade que promove o conhecimento e o empreendedorismo em comunidades vulneráveis. Ações educativas também são estimuladas no Programa de Voluntariado, onde funcionários participam de ações colaborativas na comunidade.

Outra ação admirável, criada pela empresa, é Alfabetização Cidadã, uma iniciativa da Samsung, em parceria com o Instituto Paulo Freire, que acredita que a educação é uma ferramenta poderosa para a transformação da sociedade. Ao todo, o projeto atende 300 pessoas de cooperativas que trabalham com descarte de resíduos, em geral, e estão sendo alfabetizadas no local de trabalho, com aulas ministradas duas vezes por semana, com duas horas e meia de duração cada, com turmas de até 10 pessoas, com idade média de 30 a 65 anos, porém, atendendo pessoas de todas as faixas etárias, que vão dos 18 aos 83 anos. Um projeto que além de ser voltado para a educação, é de extrema importância socioambiental.

“A Samsung tem tecnologia, inovação e pessoas como prioridade, por isso se preocupa em oferecer não só produtos inovadores, mas também serviços e benefícios exclusivos, além de programas socioambientais impactantes que ajudam as pessoas a desafiarem barreiras. Queremos abrir as portas do mundo digital para todos, ao mesmo tempo que empoderamos agentes da transformação que contribuem para a criação de um futuro sustentável”, afirma Andréa Mello, Diretora de Marketing Corporativo e de Consumer Electronics da Samsung Brasil.

Assista o vídeo com os depoimentos dos atletas: Gabriel Medina e Raí.

Veja Também