INVESTIMENTO EM CONFORTO NO SEU LAR!

Não está na hora de fazer um “upgrade” de funcionalidade e tecnologia em seu lar, doce lar?

Texto: George Wootton
Imagens: Divulgação

Você gosta de mexer com áudio e vídeo e investe tempo e dinheiro em equipamentos de qualidade, que lhe permitam ter momentos de conforto e lazer? Sabemos que há uma gama enorme de opções e maneiras de desenvolver uma solução.

Normalmente começamos por determinar o ambiente que será usado como home theater, sala de TV ou sala de cinema (o nome é você que escolhe!). Se estiver construindo uma nova residência, leve em conta quantas pessoas normalmente estarão presentes, o espaço disponível e uma localização dentro do imóvel que seja de fácil acesso, mas fora da circulação principal. Se a residência já estiver pronta e não contar com um local dedicado e projetado para este fim, pense em adaptações e reformas.

Pense, também, sobre o uso principal: esportes? filmes? shows? TV? E se não se esqueça dos games!

Do que você precisa?

Assim o projeto começa a ganhar forma. Você precisará de um receiver, obviamente. E de uma tela de projeção, projetor (“invisto no 4K?”), uma TV bem grande, caixas de som, acabamento acústico, fiação para tudo isso, poltronas, iluminação, ar-condicionado…

Será que você esqueceu alguma coisa? Provavelmente, sim! Pode não ter se preocupado com a porta para, depois, descobrir que ela não é à prova de som, vazando áudio para dentro do ambiente e incomodando os outros que estão na sala de estar…

E depois, mesmo que já tenha definido as marcas e modelos de todos os equipamentos… Você tem que ter certeza de que são plenamente compatíveis, que todas as portas e conexões estão disponíveis, que os cabos de HDMI não são muito longos etc.?

A solução: contratar um especialista que possa ajudá-lo a projetar, especificar, adquirir, preparar a sala e instalar todo o sistema. Talvez este profissional precise de um pouco de ajuda do pessoal de luminotécnica ou de ar-condicionado, mas ele já sabe com quem falar…

E este especialista se preocupa, também, com o design, a beleza estética do conjunto, o móvel, as cores das paredes… Agora sim, você tem um projeto de áudio, vídeo e design (e verá que não custou mais caro do que se fizesse tudo por conta própria)! Agora sim, você tem um home theatre tecnicamente equilibrado, plenamente funcional e onde pode relaxar e se divertir, seja ouvindo música, assistindo a shows e filmes ou curtindo seus esportes preferidos. Tudo isso na companhia da família e dos amigos. A etapa seguinte é trilhar uma pequena sequência de passos:

  • Decidir o que vai ouvir ou assistir; vamos supor que seja um filme.
  • Convidar os amigos e familiares.
  • Acertar a iluminação: dimmers em 30% no fundo e apagado na frente (use os interruptores 01 e 02 ao lado da porta).
  • Acertar o ar-condicionado: se hoje houver menos pessoas, pode ser mais fraquinho (controle remoto 02).
  • Preparar os equipamentos: ligar o receiver e escolher o padrão de som desejado (controle remoto 03); baixar a tela (interruptor 03); baixar e ligar o projetor (controle remoto 04); começar a exibição (controle remoto 03).
  • Filme longo, pausa para esticar as pernas, bebida, etc.; pausar a mídia; aumentar a iluminação.

E que tal dar uma automatizada nas tarefas? Aqui, também, você pode começar a resolver por conta própria adquirindo um controle-remoto universal. Não resolve “tudo”, mas começa a simplificar. A iluminação e a tela continuam a ser comandadas pelos interruptores, mas os aparelhos já estão em um único controle.

Você ainda terá que comandar um equipamento por vez e lembrar de como programou o controle universal, mas tudo já está mais simples! Vamos simplificar ainda mais?

Converse com o seu especialista de áudio e vídeo e veja se ele conhece alguém que poderia fazer um sistema de automação para seu home theatre. Se ele não conhecer, você poderá consultar seus amigos. Talvez alguém já tenha feito a automação de sua residência.

Se não conseguir nenhuma indicação, procure no site da AURESIDE, a Associação Brasileira de Automação Residencial. Isto lhe dará acesso a uma lista com vários integradores associados (integradores são os profissionais especializados em automação residencial). Procure no site: www.larinteligente.com.br

Passível de “expansão”

Com um pequeno investimento, seu home theater ganhará um upgrade de conforto e tecnologia. O integrador verificará seus equipamentos, sua iluminação e ar-condicionado e poderá sugerir dois ou três fabricantes de sistemas de automação.

Ele também vai querer saber se você pretende expandir o sistema no futuro, para gerenciar a casa toda. Isto o ajudará a escolher o sistema mais adequado. Se não quiser expandir, tudo bem: há sistemas praticamente dedicados a um só ambiente.

Finalmente você poderá controlar tudo com simplicidade e de forma automática. Na hora de assistir a um filme, você simplesmente comandará “filme” em seu smartphone ou tablet (ou mesmo por meio de um interruptor específico na parede). O que acontece, então? Toda aquela sequência de ligar aparelhos, “setar” suas configurações, acertar a iluminação e o ar-condicionado serão executados automaticamente.

Agora não é mais um filme, e sim, um esporte? Comande “Esporte” e o projetor e a tela se recolherão. A TV será ligada, o canal a cabo será “setado”, a configuração de som será alterada e a iluminação aumentará, tudo automaticamente! E se, antes, com a contratação de um especialista, você tinha áudio, vídeo e design, agora, com a contratação de um integrador de sistemas, terá áudio, vídeo, design e automação. Muito mais conforto e modernidade!

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA