DECORAÇÃO PRODUTIVA PARA STARTUPS – CONFIRA DICAS!

Ambientes criativos e estimulantes tornam as startups mais dinâmicas e estimulam as atividades dos colaboradores

Texto: Redação
Imagens: Divulgação

Não é por acaso que a decoração de uma startup (grupo de pessoas que inicia um negócio e o coloca em funcionamento) deve ser bastante peculiar. Como essas empresas trabalham em um clima de extrema incerteza, baseada em serviços e produtos novos, é interessante que o ambiente colabore para amenizar as impressões. Afinal, o público pode aprovar ou não a novidade. Em meio a esse cenário, as startups precisam manter seus colaboradores sempre motivados e criativos. É exatamente aí que a arquitetura de interiores entra como forte aliada, criando espaços estimulantes e fora dos padrões tradicionais. Assim os funcionários se sentem mais descontraídos e se tornam mais produtivos.

Ao que tudo indica, essa proposta (de trabalho e de decoração) tem rendido frutos. Em um cenário nacional e mundial afetado pela crise econômica, as startups aceleram o ritmo e seguem em pleno desenvolvimento. Se a visão é de crescimento, por que não voltar o olhar para melhorar o visual e atmosfera em que trabalham os colaboradores? As startup estão apostando mais alto na decoração para ajudar os funcionários a superar expectativas, o que influi positivamente nos lucros.

Ideias em ebulição

“Acreditamos que este novo modelo de arquitetura tem sido muito utilizado porque o conceito de trabalho dos jovens empreendedores mudou. Esta nova forma de trabalho exige, também, um espaço diferenciado”, enfatizam as arquitetas e urbanistas Nathália Otoni e Luciana Araújo, do escritório Óbvio Arquitetura, que executam, cada vez mais, projetos para startups.

As profissionais destacam quais quesitos não podem ficar de fora na hora de projetar a decoração de empresas com este perfil: “É muito importante que o espaço seja informal, os ambientes integrados e com pouca ou nenhuma hierarquização de postos de trabalho. Dessa maneira, é permitido utilizar cores vibrantes, propor um layout aberto, salas de reunião com permeabilidade visual, espaços multifuncionais e valorização da área de lazer”.

Espontaneidade

Nas startups, é preciso um clima mais descontraído – e é interessante que a decoração siga esse conceito. Por isso, as cores são bem-vindas nesses espaços de trabalho. “Os ambientes são frequentemente coloridos. As plotagens em paredes e vidros e elementos de decoração, como quadros, avisos e pufes, são muito utilizados, pois têm um caráter lúdico e contribuem para a motivação da equipe”, explicam Nathália e Luciana.

Apesar de tanta leveza, o foco está nos resultados – e eles aparecem! “Espaços para escrever, montar diagramas e organizar tarefas são elementos obrigatórios. Isso permite o uso de paredes pretas, como quadros negros, lousas e painéis, na decoração do espaço. Tudo precisa ser dinâmico e integrado, lazer e trabalho andam lado a lado nas startups e com muita harmonia e maturidade”, concluem as experts da Óbvio Arquitetura.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA