Soluções de automação: com que sistema eu vou?

0
soluções de automação

Além de entregarem ótimos recursos, soluções de automação nacionais têm preços competitivos

Por: José Assunção Rodrigues Junior  / Fotos: Shutterstock

O mercado de automação residencial vive novos tempos… Com o avanço do mercado de construção civil, concretiza-se o interesse dos construtores por entregar os imóveis com infraestrutura, ou mesmo com o sistema de automação residencial instalado. Porém, em função do desconhecimento sobre o assunto e de muitas dúvidas, algumas iniciativas não atingem o resultado esperado.

O momento do mercado da automação residencial no Brasil é muito bom no que diz respeito às tecnologias disponíveis. Ao longo dos últimos anos, várias empresas investiram no desenvolvimento de sistemas e soluções com tecnologia nacional, para um mercado cujo perfil difere – e muito – dos sistemas que são importados (principalmente os mais simples, com tecnologia sem fios).

Soluções de automação

CADA CASO, UM CASO…

Os sistemas com tecnologia nacional apresentam ótimos recursos e design e se aproximam muito dos melhores sistemas importados, com a vantagem de oferecerem as mesmas características com preços em Reais. Mas ainda paira a dúvida sobre qual é o melhor sistema a ser implantado. No caso de um construtor, o que dita a escolha para oferecer um imóvel preparado para a automação (ou com o sistema implantado) é, principalmente, o custo.

De modo geral, sistemas sem fios são adequados para imóveis com poucos circuitos a serem controlados (iluminação, persiana, segurança, equipamentos etc.), enquanto os sistemas cabeados são mais adequados para imóveis com um grande número de circuitos.

Para deixar uma casa ou apartamento preparado para a automação (em um imóvel pequeno, onde os sistemas sem fios são mais indicados para sistemas de iluminação), todo ponto de interruptor deve ter, além do fio fase e retorno, o fio neutro – todo dispositivo eletrônico precisa do fio neutro para funcionar. Deixar uma caixa 4X2 para cada circuito a ser comandado, pois cada dispositivo controlador de cada circuito ocupa uma caixa 4X2. Não é necessário ter um quadro elétrico específico para a instalação de sistemas sem fios.

No caso de imóveis com um grande numero de circuitos, é necessário desenvolver projeto específico de infraestrutura e cabeamento, pois segue normas-padrões e necessidades específicas de cada fabricante. Nestes casos, alguns projetos necessitam de interferência na arquitetura, para que seja criada uma sala técnica, na qual os equipamentos controladores serão instalados. Sistemas cabeados atingem os melhores resultados quando são planejados e implantados em imóveis novos, ainda na fase de construção.

Sistemas sem fios dispensam projetos, pois são de fácil instalação e configuração e oferecem a possibilidade de reverter para o sistema elétrico convencional, simplesmente substituindo o dispositivo controlador por um interruptor comum.

Lembre-se: compre e instale apenas sistemas com certificação Anatel. E prestigie os fabricantes nacionais, pois, assim, o mercado poderá apresentar o crescimento esperado e atingir os níveis de sustentabilidade que o setor da construção civil exige.

Esta e outras matérias você encontrará na edição 170 da revista digital Áudio & Vídeo – Design e Tecnologia

Estamos com uma promoção especial de assinaturaCONFIRA AQUI