SINAL ANALÓGICO E O RECEPTOR

Out of focus TV LCD set and remote control in man's hand isolated over a white background.

O desligamento do sinal analógico resultará no fim dos famosos “chiados” da TV

Texto: Bruna Rojas

Foto: Divulgação

 O Ministério das Comunicações estabeleceu o desligamento do sinal de televisão analógica em todo o país até 2023, a começar por Brasília, ainda este ano, e São Paulo, em 2017. Entretanto, para que isso aconteça ao menos 93% da população deve aderir ao receptor de sinal. A medida é importante para o sistema de telecomunicações, pois os sinais analógicos ocupam grande espaço de ondas. Este deve ser ocupado, por exemplo, por ondas da rede 4G, melhorando a qualidade dos pacotes de dados celulares para internet móvel.

É importante que o consumidor conheça as vantagens do sinal digital. O sistema possui uma faixa de frequência que não se altera tanto quanto a do analógico, o que reduz a oscilação do sinal. Na prática, isso resulta no fim dos “chiados” e “fantasmas” na televisão.

A qualidade de imagem e som tem uma significativa melhora no modo digital. “As tecnologias mais modernas permitem que o sinal digital entregue imagem e som com mais qualidade em relação ao analógico, trazendo melhorias na transmissão aos consumidores”, afirma Antonio Bernardes, gerente de TVs da TPV (fabricante de televisores e monitores).

Veja Também