Solução prática e garantia de iluminação mais adequada para cada ambiente

 Texto: Juliana Mel

Foto: Divulgação

ilum-04-3-dimensoes-cristina-imagem_release_624053

Diante das tendências atuais em projetos de design, os “rasgos no gesso” podem ser solução prática e econômica para garantir uma iluminação mais adequada a cada ambiente, além de deixá-los mais sofisticados. Segundo a arquiteta Carmen Calixto, o recurso permite que a luz crie efeitos interessantes. “Quando se projeta a iluminação de um ambiente, é importante que tenhamos algumas lâmpadas de iluminação cênica para valorizar certos elementos e a iluminação geral, clareando o espaço como um todo”.

Ela afirma que é necessário pensar com cuidado na estética do espaço e na posição das lâmpadas, identificando os lugares mais adequados para aplicar os rasgos. De acordo com a arquiteta, é possível colocá-los em qualquer ambiente que tenha forração de gesso. Carmen ainda ressalta que essa opção traz maior economia ao projeto. “Podem ser utilizadas lâmpadas fluorescentes tubulares ou fitas de LED. Esta solução, além de mais bonita, é mais prática e econômica, pois os rasgos substituem as luminárias”, diz.

Já a designer de interiores Laura Santos afirma que, para valorizar o ambiente, deve ser feito um estudo do layout e posicionamento prévio. “Os ambientes onde os rasgos são mais usados são: salas, escritórios, corredor, hall de entrada, cozinha e banhos. Porém se bem projetados, também podem aparecer em quartos e ambientes comerciais”, explica.

Laura destaca que as lâmpadas LED ganham ênfase nos projetos, tanto em rasgos como em iluminação focada, como spots e pendentes: “Já existem LEDs que fazem o papel das antigas lâmpadas, porém, com as temperaturas de cor corretas, a potência adequada para cada local e de acordo com cada objetivo que se queira atingir.” Segundo a designer, utilizá-las representa uma solução ao mesmo tempo prática e sofisticada para o ambiente.

Veja Também