nova essência da sala de estar

A nova essência da sala de estar

Designer de interiores Simone Goltcher aborda a nova essência da sala de estar; inspirada no morar atual, o ambiente projetado pela profissional recebeu a configuração de três espaços em um: living, home office e sala de TV 

Nas moradias, a sala de estar sempre é o cartão de visita. Até porque, claro, é o principal ambiente que acolhe os moradores e visitantes. Por isso, a decoração deve ser aconchegante, receptiva e cheia de personalidade. Na evolução do conceito da sala de estar, ela deixou de ser apenas o local de receber convidados: tornou-se parte do dia-a-dia das pessoas.

Atualmente, a sala não é mais só um lugar de descontração. Tornou-se parte da rotina das famílias. Integradas com a sala de jantar, home office e sala de TV, vivemos um conceito multifunções. “No momento de escolher os objetos e mobiliário deve existir harmonia e coerência”, explica Simone Goltcher, do escritório Simone Goltcher Interiores e idealizadora do grupo Diário do Arquiteto.

Durante a edição paulistana da mostra ‘Morar Mais Por Menos’ em São Paulo, aberta até 17 de novembro, a designer de interiores assina a Sala Multifuncional, ambiente com 50 m² que traz sua essência sofisticada, moderna e tecnológica na integração de living, home office e sala de TV.

Integração: novos conceitos

A integração segue uma tendência nos projetos. Além de promover a convivência entre os moradores, otimiza espaços – no caso de imóveis menores – e responde também ao comportamento dos moradores passarem mais tempo em casa, principalmente para aqueles que fazem a prática do home office. “Poder trabalhar, interagir e descansar no mesmo ambiente é bem bacana e esse pedido por parte dos clientes tem sido cada vez mais recorrente”, conta Simone.

Para a Sala Multifuncional, o ponto de partida da designer de interiores foi a exploração do estilo contemporâneo com base neutra. E tudo foi trabalhado para que todo o ambiente agregasse tecnologia e interação, sem perder a atmosfera de lar.  “Esse foi um ponto que mudou bastante do conceito antigo de sala de estar. Hoje temos uma quantidade muito superior de equipamentos eletrônicos e a necessidade de considerar o wifi, fundamental para a utilização dos smartphones, o notebook no home office e para assistir na televisão os títulos de filmes oferecidos nas plataformas de streamings”. Dessa forma, a estrutura de elétrica e cabeamento de internet devem fazer parte do projeto da nova sala de estar.

No décor, os itens são escolhidos para promover a coexistência de moradores e convidados. Os sofás desenhados por Simone para o ambiente da mostra revelam a comodidade e o equilíbrio perfeito entre o linho escolhido para o estofado e o couro sintético no encosto. As 12 cadeiras complementam os sofás.

O design do home office

Para conceber essa separação imaginária, o pórtico foi desenhado para receber o home office. O cantinho foi pensado com a aplicação da marcenaria para a bancada com duas posições e nichos que recebem livros e até mesmo pastas pessoais. “Cada vez mais o trabalhar em casa e o estudar se fazem presente na vida das pessoas. Não dá para improvisar na mesa de jantar ou sentado no sofá com o notebook no colo. A decoração nos permite construir um ambiente próprio para isso, contribuindo para os resultados pessoais do morador”, acrescenta Simone.

Pensando nos momentos de lazer que a sala de TV proporciona, o projetor transmite a sensação de cinema em casa. Mas em vez de sair do teto, como acontece normalmente, Simone trouxe uma nova proposta, com um display que simula uma TV de 120 polegadas e ainda possibilita a visualização na claridade. “A tecnologia e a nova rotina dão o tom do décor”, finaliza. 

You don't have permission to register

Cadastre-se e faça parte de nossa lista VIP!

Obtenha vantagens e descontos especiais de nossos parceiros.